Conecte-se conosco

Uma residência criada como um refúgio

Foto: Mark Smith

Ambientes

Uma residência criada como um refúgio

Esta residência fica na beira do porto no arborizado subúrbio de Westmere, em Auckland. O proprietário estava comprometido com a espiritualidade oriental e a nutrição da alma.  O desafio era interpretar isso em um contexto neozelandês com uma casa que pertencia a este lugar, um refúgio tranquilo na cidade.

O principal objetivo era criar uma residência cheia de terra e alma, um local de calma espiritual. Uma parede de concreto áspero, texturizada e embutida forma uma espinha. Pátios ajardinados abrem de ambos os lados, permitindo a entrada de luz solar, ar e natureza no coração da casa.

Os telhados inclinados e as paredes periféricas estão revestidos de telhas de cedro, como um manto de penas sobre a estrutura. As áreas de estar têm vista para a orla, enquanto espaços para dormir, ioga e música se abrem para pátios privados.

Vidros de altura total dão uma sensação de transparência, permitindo que a presença do porto seja sentida. Prevê-se que a casa abrigará retiros de meditação e oficinas espirituais. Esta é também uma casa saudável projetada especificamente para minimizar toxinas e radiação eletromagnética.

Materiais naturais, acabamentos e produtos feitos à mão foram utilizados em toda a parte; enquanto a estrutura é feita de madeira, sem aço estrutural. Empregando princípios de design passivo, a casa inclui células fotovoltaicas, captação de água da chuva e iluminação LED.  Além de uma estação de carregamento para um veículo elétrico.


Veja todos os detalhes do projeto:

Click to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Ambientes

Topo